sexta-feira, janeiro 05, 2007

Versão "freak"



Versailles , Setembro de 1982.
Este foi um fim de verão para retiro.
Acabava de passar por umas férias de verão em Lagos , daquelas de acordar no dia seguinte sem me lembrar do que tinha feito na noite anterior ( as vodkas laranja , os sómios, ai que vida ! Tinha de mudar de vida e , nesse aspecto , mudei :) ) .
A indumentária é própria da fase / época pela qual passava.
Em Portugal era dificil encontrar daquelas camisas ( normalmente eram usadas pelos alemães que iam de férias para Lagos ) e a que estou a usar encontrei-a num tanque , na zona de lavagem de roupa , do parque de campismo do Esperança de Lagos . Sim , o do campo de futebol. Tinha um rasgão , mas eu tinha feito um achado ! O rasgão foi cosido e usei esta camisa até que o tecido apodreceu e começou a rasgar por todo o lado. O mesmo aconteceu a um lenço amarelo ( que a minha mãe ainda deitou para o lixo, onde o fui buscar ) que o “Jesus” ( o alemão mais “freak” que conheci em Lagos ) me ofereceu , junto com um frasquinho de Patcholi que guardo até hoje.
A bolsa fazia parte do estilo e comprava-se nas lojas de artigos de tropa na Feira da Ladra / Campo de Santa Clara.
Os colares , as pulseiras , eram artesanais , ora de cabedal com pedras , ora de arame , a maioria feitos pelo João de Aveiro ( não , não é o Jocavi e na verdade também não era de Aveiro , mas julgo que de Esgueira ) , mais um amigo do campismo que pagava as suas férias em Lagos com a venda destes artigos. Era também o cozinheiro de serviço para jantaradas de 20/30 pessoas , à volta das tendas . Cada noite era um arroz de qualquer coisa , sempre com um refogadinho bem à maneira do norte. Comia-se bem e era barato ( tal como o Kentucki , que mesmo assim saía mais caro que o “Semedão“).

Foi uma altura para lá da loucura. No momento certo , na dose certa. E ainda bem que foi!

7 comentários:

janica disse...

eras uma beta!!!!! :D

Anónimo disse...

também tive uma camisa dessas!!!

Anónimo disse...

Vida sem loucura não é vida :)

Ana disse...

Maggs , só que há 25 anos atrás era mesmo dificil de a comprares em Portugal . Get it ? :/

Anónimo disse...

sim, claro, bem entendido! tinha eu um ano quando tu a usavas! :)

Ana disse...

Ah pois é , Srª. Drª :)

Ginginha disse...

Gostava e tenho curiosidade de saber a que familia pertences em Aldeia de Eiras.

Já coloquei num comentário anterior, mas já foi ver o blog da aldeia?

www.aldeiadeeiras.blogspot.com

Até um dia ... quem sabe na Aldeia?