quinta-feira, setembro 21, 2006

Chá em familia

Um objecto não passa de um objecto , algo material , por vezes sem qualquer utilidade.
Mas gosto de objectos , sobretudo daqueles que carregam histórias .
Tenho em casa uma série de objectos que fazem parte da minha vida ( dos meus antepassados ) , das minhas viagens e com os quais tenho uma relação verdadeiramente amorosa , porque vão muito além do objecto em si.
Através deles poderia contar um sem fim de histórias , talvez 1001.

Hoje fui presenteada com um serviço de chá japonês bastante atipico , sem os adornos habituais deste tipo de louças. É azul e pintado à mão , uma linha muito anos 60. Era pertence da casa dos avós de uma amiga . Sinto uma honra enorme por ela mo ter oferecido, pois estas coisas de familia ficam em familia . Este gesto foi como um abraço de boas vindas , como se de repente através daquele serviço de chá eu passasse a fazer parte da sua familia.

Vou guardá-lo com todo o carinho e destaque que ele merece e sempre que o olhar, irei imaginar as suas histórias , sobretudo o seu tempo de esplendor , quando nele era servido o chá para toda a familia , no jardim da casa grande , lá para os lados de Cascais.

Quem sabe , noutros tempos , esse chá não terá sido um pretexto para encontros dos nossos familiares...