segunda-feira, Fevereiro 27, 2006

“Canções” nas “Quintas de Leitura” do café-teatro do TCA (Porto )





“Canções” é um espectáculo de Pedro Abrunhosa, no qual tenho muito gosto em trabalhar. É um espaço de canções , onde elas são interpretadas na sua forma mais simples e mais sentida. O Pedro faz-se acompanhar, apenas , pelo Claudio Souto no piano e o Alexandre Almeida nas guitarras.

“Quintas de Leitura” é um espaço para a poesia , para a prosa , para as letras, da responsabilidade de João Gesta , que acontece todas as 5ªas feiras no café-teatro do Teatro do Campo Alegre. Uma vez por mês , a sessão é especial , contando com a participação de Artistas de outras áreas , nomeadamente do teatro , da música... Na passada 5ª feira , 23 de Fevereiro, o convidado foi o Pedro.

TCA – Teatro do Campo Alegre – um espaço muito interessante, para conhecer, no Porto . É gerido pela Fundação Ciência e Desenvolvimento que programa e produz os projectos “Leituras e Editoriais “ e “Serviço Educativo” , para além de acolher eventos culturais e cientificos. A Seiva Trupe é a companhia de teatro residente até 2014.
O teatro dispõe de várias salas , destacando-se o auditório principal , o cine-estúdio e o café-teatro. No mesmo edificio existem um restaurante e um bar muito agradáveis.

A sessão das “Quintas de Leitura” da passada 5ª feira intitulou-se “Canções” , tal como o espectáculo que se apresentou , na sequência da leitura de várias letras do Pedro Abrunhosa, pelos “diseurs” Pedro Lamares , Sandra Salomé e Filipa Leal , cuja coordenação esteve a cargo da Mafalda Capela.
A imagem foi da responsabilidade de Rute Carlos e Joana Almendra , que instalaram um fundo de palco em papel vegetal , onde através de retroprojecção, criaram cenários fantásticos a partir de muitos pós e tintas , misturados pelas suas mãos.
O concerto viveu das canções , da excelência dos músicos e da arte de um compositor , escritor e grande comunicador que é o Pedro Abrunhosa.
Esta iniciativa vive também de todos aqueles que se entregam a estes projectos especiais e tão únicos , pelo prazer de os tornar possiveis , partilhando com o público um pouco mais de si.







Um pouco o Douro , junto à Ponte da Arrábida , nesse mesmo dia...


1 comentário:

Sara_Rosa disse...

Deve ter sido um bom concerto o do Pedro Abrunhosa´,afinal ele canta as musicas de uma forma que so ele sabe cantar,da forma mais profunda que só ele sabe cantar...

beijo