sexta-feira, abril 24, 2009

Férias da Páscoa

Para o Mário foram duas semanas de descanso na aldeia com a avó Inês , sendo que a última semana já foi passada na minha companhia .

Eu gosto de ir para ali , para o meio dos montes onde não há rede de telemóvel e isolar-me do meu mundo de todos os dias. Chego a cair no exagero de só falar aos vizinhos no dia em que parto , isto porque conto com a diplomacia habitual da minha mãe , é claro.

Desta vez preocupava-me apenas uma coisa : o Mário tinha TPCs e nada fez até eu chegar e o tempo que ali íamos estar também não ia dar para fazer tudo o que estava programado pela Professora Daniela , por isso fez-se o que foi possível.

Começámos por ir ao Centro de Ciência Viva de Constância , no qual visitámos o parque e o planetário que em nada se compara ao do Museu da Marinha – é uma muito pequena e soterrada instalação para uma primeira abordagem sobre o espaço , mais propriamente sobre o que vemos no céu. Visitar este centro valerá mesmo a pena para fazer observação astronómica e pelos vistos as noites de verão são as melhores para o efeito , apesar dali estar sempre frio , pois é no alto de um monte ( o de Santa Bárbara ) , numa zona muito ventosa , mas lá para o verão podem contar connosco.



Nesse mesmo dia , demos um passeio a pé por Constância , terra de gente que fez do rio a sua vida , embora lhe chamem a Vila Poema por ter acolhido Luís de Camões que ali viveu uma temporada. Os preparativos para as festas em homenagem à Nossa Senhora da Boa Viagem estavam concluídos e tudo iria começar dali a umas horas , junto ao rio e à casa de Camões...








Os demais passeios já foram feitos a pé pelos vários montes ali perto de casa, aproveitando para fazer uma recolha da flora local e também daquela que existe no jardim de casa da avó Inês.





No tempo que passámos em casa , a prioridade era acabar de montar o corpo humano que a Idalina andou a comprar para o Mário. Foi uma trabalheira dos diabos , pois as peças não eram de encaixe fácil. Vi-me “grega” para dar conta do recado , até porque não sou nada habilidosa com trabalhos manuais , mas CONSEGUI montar o raio do esqueleto com os devidos orgãos , excepto um dente que não tinha espaço para ser implantado!

Estes foram os nossos TPCs...









Regressámos a Lisboa no dia de Páscoa à hora de almoço para não sermos surpreendidos pelo trânsito . Na bagagem vinham umas belas bolas transmontanas feitas pela avó Inês :)

Já na segunda-feira , folgámos para receber o tio Miguel e ir ao cinema ver o Monstros vs Aliens a 3 dimensões . O que eu gostei mais no filme foi recordar o tema “Planet Claire “ dos B-52's e como não encontrei o vídeo com a versão original , serve uma gravação ao vivo de 1982 ...



Terça-feira voltámos ao planeta real , mas desforrámo-nos com um óptimo jantar de aniversário do Miguel no Aya :/

1 comentário:

[Maria] disse...

Ana, fiquei maravilhada com o esqueleto, porque eu também comprei a colecção toda, mas montá-lo já não consegui :P
Beijinhos.