quinta-feira, fevereiro 15, 2007

Pois é verdade , tremeu mesmo

A terra tremeu na 2ª feira e eu não dei por nada. Nadinha mesmo.
O sismo , com 6 graus na escala de ritcher , apesar de ter acontecido no mar , a 160km do Cabo de S.Vicente , no Algarve , parece que fez estremecer o País e daí a derrocada na Nazaré e “quiçá” se as pedras que caíram na linha de comboio do Tua não poderão ter sido uma consequência do abanão.
Parece , no entanto , que a grande sorte foi a terra ter tremido na horizontal , pois caso tivesse sido na vertical poderia ter havido danos bem mais graves.
Ainda bem que a coisa ficou por aqui .
Mas tudo é relativo , pois estes fenómenos da natureza podem não intervir de forma evidente nas nossas vidas , mas mexem com as mesmas , mesmo que não tenhamos muita consciência disso.
Eu não senti a terra a tremer , nem qualquer outra coisa a tremer , mas porque raio andarei com dores de cabeça desde 2ª feira ?

PS :
Quando estive a primeira vez nas Filipinas senti um pequeno sismo durante a noite. A sensação foi como se o chão tivesse pequenas ondas como as do mar. Um balançar muito estranho, que espero tão cedo não voltar a sentir. E nem quero imaginar o que será essa sensação com mais intensidade e o tal som caracteristico que lhe está associado.

4 comentários:

joaosete disse...

Bom dia,

tenho mais boas notícias para ti e para quem tenha sentido algum receio (não medo) na passada segunda-feira.

O sismo, com a intensidade a que ocorreu, foi benéfico, muito mais do que se possa pensar.

Primeiro, digo-te que é muito frequente a ocorrência de sismos em Portugal, por isso devemos achar estes fenómenos...naturais (como aliás o são).
Segundo, nos sismos há uma libertação de energia que vem sendo acumulada na fronteira das placas. Por isso, ainda bem que ela foi libertada...assim.

Beijinhos e um Abraço ao grande Mário

Ana disse...

Obrigada Figo pelas boas noticias :) E ainda bem que não dei por nada , o que pode querer dizer que ando muito pouco com os pés assentes na terra :/

maria disse...

Se tu vivesses no meu prédio é que era... Aqui ao lado todos os prédios são mais baixos do que o meu e eu moro no 6º sem estar muito coladinha a ninguém... quando a Terra abana, lá vou eu, isto abana mesmo. Eu estava ferrada a dormir e de repente sinto a minha cama toda a abanar e a bater COM FORÇA na parede! Habituada, por não ser a primeira vez que isto me acontece, saltei de susto e corri para a ombreira da porta do meu quarto até parar. A sensação era a de que para onde quer que fosse não havia chão seguro, não havia aquela tábua para onde saltar. E isto foram apenas alguns segundos. Morro de medo de um grande... Mas é bom que isto vá abanando, claro, se não abanar é que estamos mal... ;)

JV disse...

escolhe bem a tua ilha quando fores para os Acores....