quinta-feira, julho 13, 2006

Mãe...


... esta é a imagem que sempre vou guardar de ti ( ou talvez até com mais uns anitos , mas não mais que uns 37 ).
Durante anos e anos tiveste , para mim , 37 anos . Mas , já lá vão quase mais 30...
É incrível como o tempo voa e como o nosso corpo envelhece. Resta-nos de facto a alma , o espirito...
Por vezes , digo a mim própria “caramba , a minha mãe está mais jovem do que eu. Ela é que parece ter 40 anos e eu 65 ! “.
E contigo , mãe , nem consigo pensar que o tempo vai continuar a passar... hoje ao chegar ao hospital para te visitar , toda eu estremeci... estavas abatida como nunca te tinha visto , mas sobretudo dependente dos outros, coisa que em ti deve estar a dar-te a volta às entranhas ...
Foste operada aos dois pés e a ressaca de tudo isso bateu-te agora, mas que tanto sacrificio exista para que possas voltar a andar sem dores e a subir rochedos como nos velhos tempos em Lagos :/
Toda a minha vida me senti , assim , ao teu colo , mas sem grandes “apaparicanços”. Cuidaste sempre de mim , mas dando aquele espaço essencial para que eu crescesse com independência e responsabilidade.
Hoje foi a minha vez de cuidar de ti e adorei deixar-te toda cheirosinha ( cuidado com os enfermeiros ! ).

“ mamã , mamã , onde estás tu mamã , nós sem ti não sabemos libertar-nos do mal ... “

1 comentário:

HatA/mãe disse...

Deixou-me cheia de ternura este post

Muitos beijos