domingo, junho 11, 2006

Isto vai de mal a pior :(

Os ânimos para os meus lados não andam nada bem e esta semana pioraram ...
Depois de 3 dias de Rock in Rio , tinha decidido tirar um dia de férias na 2ª feira , mas não... em vez de ir descansar para a praia , dormindo uma bela soneca e dando uns belos mergulhos como tanto gosto , decidi que com tanto trabalho que está a aparecer nesta altura do “campeonato” , que o melhor era mesmo ir trabalhar.
Saí de casa , com um enorme esforço , pois doía-me o corpo todo e , ainda, na Estrada da Luz , pouco antes de passar por debaixo da 2ª circular , o sinal que estava vermelho abriu e eu arranquei , travando quase de imediato , pois o trânsito estava parado. De repente , um estrondo enorme. Bateram-me na traseira do carro e o mesmo foi empurrado, embatendo no veículo que estava à minha frente . MERDA ! O cansaço misturado com o susto e com o facto de estar entalada entre dois carros e ter o meu Twingo todo amolgado , deixaram-me desesperada e só conseguia chorar desesperadamente.
O Sr. Joaquim , um homem de bem e muito prestável , assumiu de imediato a responsabilidade de todo o acidente e esteve comigo até chegar o reboque e ainda me levou à oficina.
A D.Maria do Céu , após a declaração amigável preenchida, seguiu viagem até à margem sul onde trabalha.
E , assim de repente , acontece um encontro imediato entre 3 vizinhos da Quinta da Luz que nunca se tinham visto , nem encontrado antes.
Fui resolvendo a minha vida com um carro alugado , até que na 6ª feira recebo um fax da seguradora do responsável pelo acidente a informar que dão o meu carro como perda total e que não irão fazer a reparação , cujo orçamento é de cerca de 2.500,00€ , visto o valor comercial do meu querido carro ser de apenas 650,00€. Informam-me , portanto , que me dão o salvado + 650,00€ e carro alugado até à próxima 4ª feira e que não pagam o parqueamento do veículo na oficina ( a de sempre , Renault Chelas ).
Depois de uma crise de nervos , pois é impensável eu perder o meu carro desta forma , para além do facto de não ter possibilidade , nem querer comprar outro carro , accionei a minha apólice para protecção juridica , pois vou lutar pelos meus direitos.
O meu carro funcionava , estava legal , sendo feita revisão e inspecção todos os anos. Tem muitos anitos e para cima de 250.000km , mas um carro para mim é algo funcional e o meu Twingo é o meu companheiro de dia-a-dia. E é esse carro que eu hei-de voltar a ter. Ele tem reparação ( chapa atrás e à frente + radiador ) , eu não sou culpada e por não ter um carro com um bom valor comercial , não vou ser prejudicada desta forma.
650,00€ não dão para comprar carro nenhum e eu quero o meu carro de volta ( o Palma queria o dinheiro , eu quero o carro ).
Para além disso , tenho carta desde 1988 , sem nunca ter sido responsável por qualquer acidente e pago seguro contra todos os riscos desde sempre.
VOU À LUTA PELO MEU TWINGO ( mais conhecido por KOMBAT ).
Estou doida com este assunto , pois já percebi que vai dar pano para mangas, mas eu não as vou arregaçar, nem que tenha de mover mundos e fundos.
Que raio de País é este ?????
Apetece lá comemorar o Dia de Portugal , de Camões e das Comunidades Portuguesas ( ainda por cima este ano nem se pode aproveitar o facto de ser feriado , pois calhou a um sábado ) . Aliás , se Camões voltasse a viver , acredito que não iria ter musas inspiradoras para os seus poemas e para as suas odes...
Como é que se dá a volta por cima quando só há sacanices e tristeza à nossa volta ?
Há que dar , bem sei , mas ainda ando à procura como.
E há sempre o lema , que gosto de usar ao contrário : Depois da tempestade vem a bonança.
Venha ela , está na hora!

5 comentários:

Maggs disse...

tem calma, Ana. quando a onda anda baixa, tudo dói a triplicar, mas olha as coisas pelo lado melhor! ninguém se magoou! ou ainda, e que tal se o acidente tivesse sido em Chelas? e se uma rua vazia se tornasse, mais depressa que o tempo, cheia de um grupo de gente à tua volta a chamar-te nomes e a ameaçar-te?! e que tal se recebesses telefonemas insistentemente, sem motivo ou lógica, dotados das mais hororrosas palavras, dirigidas infundamentadamente à tua pessoa, a ponto de te deixaram em lágrimas convulsivas, só porque atonitamente surreais?! tem calma, Ana. o Kombat voltará, para um desfecho bom! :)

ruxa disse...

Vivi isso na pele há 2 anos quando fiquei sem o meu carro que fez + de 50.000 km nesse ano sem uma única mudança de óleo.
Deram-nos 400 contos e o salvado e também não queriam pagar o parque onde ele ficou mas aí bati-me que não tinha nada de pagar o parque por não ter tido culpa que ele tivesse ido lá parar.
À conta disso, e embora não preciso dele para trabalhar como tu, a minha vida deu uma volta de 180 graus...
Tenho dúvidas que consigas na Justiça muito mais do que eles te estão a querer dar mas bate-te pelo pagamento do parque!
Infelizmente, o consumidor é sempre o mais prejudicado nestes casos com os Seguros.
Respira fundo e tenta convencer-te que mais vale acontecerem todas juntas. Assim, vens ao de cima ainda mais forte!
E quando precisares mandar um berro, tens aqui um muro de betão ;)

Beguinha disse...

Tenho andado a ver os dias passar, com uma pressa, que nem tenho tido tempo para visitar os meus blogs de eleição... como este. Náo gostei das últimas notícias, mas deixo umas palavrinhas de coragem e um beijinho carinhoso.

JV disse...

As seguradoras sao uma chusma que raramente esta la quando realmente faz falta.Acho que fazes bem , se tens a pachorra e aconselhamento juridico, em exigir um carro...
Boa sorte....e é bem verdade que depois da tempestade vem a bonança...até à proxima tempestade...

Ana disse...

Oh meus amigos ...
Pachorra não tenho nenhuma , mas ficar sem carro e sem o meu Twingo é impensável. De qualquer forma , ando a ver a coisa mal parada... ainda contrato é um advogado para processar as duas seguradoras , isto se a minha continuar a não se mexer.
O que mais me chateia é que se eu tivesse um mercedes e o arranjo fosse de uns 5.000,00€ , eles iriam reparar o carro. A lei só protege mesmo gente com poder económico e este nosso Portugal está mesmo a ficar terceiro mundista.
Entretanto ando para aqui doentita a tomar uns antibióticos para a minha sinusite que está grave e como disse ao médico que andava muito stressada e pro deprimida ( o que não é nada habitual em mim - o stress sim , mas o deprimida não ) , receitou-me Xanax. Hoje como era feriado , tomei um comprimido e posso dizer-vos que tudo me pareceu mais cor-de-rosa ... também andei a dormitar o dia todo ... mas amanhã é dia de voltar ao trabalho e não posso andar nesta de "peace and love" ( é que o raio do comprimido é demasiado relaxante e eu nunca fui de tomar estas tretas - a não ser o meu Unisedil em SOS ).Além disso, tenho que ir lixar a tola aos gajos das seguradoras, para além de ter que aturar uma parafernália de clientes que agora se lembraram que têm mesmo de contratar Artistas para as suas festas ( até aqui não tinham dinheiro ... ), estando muitos concertos a ser marcados a 15 dias da sua realização.
A tempestade , entretanto , continua. E esta madrugada LITERALMENTE.